matrícula:
senha:
 




10/04/2014 - Consumo de sal está associado à obesidade infantil
 

Que o consumo excessivo de sal pode causar uma série de complicações à sua saúde, incluindo hipertensão e problemas cardíacos, você provavelmente já sabe. A novidade é que ele pode ser causador de um problema tão sério também para seu filho. Uma nova pesquisa, publicada no jornal Pediatrics, associou a quantidade de sódio ingerida pelas crianças a seus respectivos pesos, mostrando que pode existir uma relação deste consumo com a obesidade infantil.

Isso, de acordo com o estudo, acontece indiretamente. “Existem evidências em animais e em adultos que mostram que, quanto mais sal você consome, mais sede você tem. Quando a quantidade de sal no seu sangue aumenta, seu corpo fica com essa sensação para controlar o nível”, explica Carley Grimes, autor principal da pesquisa, da Universidade de Deakin, na Austrália. O grande problema está no passo seguinte: para matar essa sede, as crianças analisadas estavam acostumadas a tomar refrigerantes em vez de água.

Foram estudadas mais de 4 mil crianças australianas de 2 a 16 anos de idade. Em média, elas consumiam 6 gramas de sal por dia (sendo que a quantidade ideal está entre 3 e 5 gramas, dependendo da idade) e 62% afirmaram beber refrigerantes regularmente. Unindo estes dois resultados, os pesquisadores calcularam que, para cada grama de sódio que elas comiam, elas ingeriam mais 17 gramas dessas bebidas. Resultado final: 23% das crianças do estudo que consumiam mais de uma porção de refrigerante por dia foram detectadas com 26% a mais de chances de atingirem estados de sobrepeso ou obesidade.


Outros cuidados

Você não deve, porém, ficar atento apenas ao refrigerante. Veja outras dicas para um consumo mais controlado de sódio dentro de sua casa.

1. Nada de saleiro
A primeira coisa a fazer é reduzir o sal de adição, o saleiro que fica na mesa. A criança tem tendência para gostar de paladares mais intensos, tanto para o salgado quanto para o doce. Saleiro é um perigo.

2. Outros temperos
Invista em ervas para compor suas receitas. Assim, você coloca menos sal no preparo dos alimentos. Se for temperar uma salada, por exemplo, use limão ou orégano.

3. Menos salgadinho
Evite ou reduza o consumo de alimentos industrializados, como salgadinhos, de que algumas crianças tanto gostam. Eles têm muito sal na composição.

4. Perigo nos embutidos
Alimentos como salsicha, presunto e hambúrguer seguem a mesma regra.

5. Sódio em enlatados
Veja no rótulo dos alimentos a quantia de sódio que consta em sua composição. Alguns produtos que têm sódio não são salgados, como enlatados de legumes, mas podem fazer mal se consumidos em excesso.

Fonte: Revista Crescer (http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI326440-15149,00.html)
Imagem: corbis.com





 

Copyright, © 2017, Centro Escolar Aquarela. All rights reserved. Direitos autorais reservados. Reprodução proibida.
Projeto Web: Insenic Interactive do Brasil