matrícula:
senha:
 




23/05/2013 - 10 erros na hora de cozinhar
 

Você está cozinhando, o telefone toca, o filho chama e você acaba se distraindo, o que abre espaço para vários tipos de bactérias e microrganismos entrarem em cena. Ou, então, acaba utilizando ingredientes e utensílios de maneira nociva, pois não tem ideia do que eles podem fazer quando não usados corretamente. Para saber se você comete algum desses erros, leia abaixo as 10 situações mais comuns na hora de cozinhar:

1. Não lavar as mãos antes de começar a cozinhar: Suas mãos podem ser sedosas e bem cuidadas, mas isso não significa que não contenham bactérias. O que acontece se alguns tipos microrganismos entrarem em contato com a comida? Intoxicação alimentar. Portanto, antes de começar a cozinhar, lave bem as mãos com sabonete neutro.

2. Utilizar colher e tábua de pau na hora de preparar os alimentos: Por ser porosa, a madeira promove o acúmulo de microrganismos em seu interior, fendas e lascas e, pra piorar ainda mais, acabam multiplicando-se e passando para a comida deliciosa que você prepara. O ideal é usar utensílios similares, de vidro ou plástico, que são mais fáceis de higienizar.

3. Deixar que a comida esfrie antes de colocá-la na geladeira: Você não gosta de guardar as preparações ainda quentes com medo que isso estrague seu refrigerador? Pois saiba que, conforme a temperatura do alimento (do cozimento até a temperatura ambiente) baixa, as condições para multiplicação de microrganismos vão ficando mais propícias. Quando a comida é resfriada rapidamente, a velocidade de reprodução reduz significativamente. E então, prefere cuidar mais do seu refrigerador ou da sua saúde?

4. Cozinhar vegetais na água fria: A maioria dos vegetais possui vitaminas que se solubilizam na água, ou seja, quando você cozinhar uma cenoura, um brócolis, ou qualquer outra hortaliça, alguns nutrientes vão se perder. Por esse motivo, colocar o alimento na água fria e aguardar até que ferva é a pior maneira de cozinhar. O ideal é que você aguarde a água ferver e, então, coloque o vegetal. Melhor ainda é cozinhar ao bafo, pois o contato com a água é diminuído e há menos perda do ponto de vista nutricional.

5. Guardar os enlatados em suas embalagens originais: Uma vez aberta, a embalagem não fica mais vedada, o que propicia a entrada e multiplicação de microrganismos. Então, o que fazer? Não se preocupe, você não precisa consumir a lata inteira, é só acomodar o restante do alimento em algum recipiente com tampa e colocar no refrigerador.

6. Tostar demais a carne: Alimentos gordurosos, como as carnes, quando expostos a elevadas temperaturas por muito tempo, acabam formando substâncias nocivas à nossa saúde. Porém, é preciso tomar cuidado: uma carne mal passada também é fonte de contaminação. Aposte no meio-termo e prefira as carnes ao ponto.

7. Utilizar só azeite de oliva para cozinhar: Sabe-se que esse óleo é muito saudável, porém, quando exposto a altas temperaturas, torna-se instável, podendo perder as propriedades que o tornam tão benéfico à saúde. Adicione o azeite de oliva a alimentos já prontos, principalmente em saladas, e opte por outro óleo vegetal na hora de cozinhar, como óleo de soja, milho ou girassol.

8. Quebrar ovos no canto da pia da cozinha: Ovos podem conter salmonella, que provoca doenças gastrointestinais graves, ou seja, se o ovo que você quebrar no cantinho da pia estiver contaminado com esta bactéria, a pia pode ficar contaminada e a salmonella pode passar para outros alimentos que você preparar. E o caminho contrário também é válido: se a pia não estiver muito bem limpa, com microrganismos presentes, você pode contaminar o ovo ali quebrado. A solução é lavar bem a casca do ovo e utilizar uma colher limpa para quebrá-lo.

9. Usar muito creme de leite: Sim, a comida fica uma delícia quando você acrescenta creme de leite, contudo, este alimento é obtido a partir da gordura do leite, o que torna sua preparação muito gordurosa e pesada, podendo trazer malefícios à saúde, como colesterol e triglicerídeos elevados (que aumentam o risco de infarto) e aumento de peso. Para substituir o creme de leite, utilize leite semi ou desnatado com amido de milho, ou iogurte natural desnatado.

10. Abusar do sal: Você já deve ter lido ou ouvido alguém falar sobre as consequências do excesso de sal na dieta, certo? Além de reter líquido e fazer você se sentir mais pesado, o sal aumenta a pressão. Para reduzir a quantidade de sal utilizado na comida, use e abuse de ervas e especiarias, que vão dar um toque especial nas preparações.

Imagem: corbis.com





 

Copyright, © 2017, Centro Escolar Aquarela. All rights reserved. Direitos autorais reservados. Reprodução proibida.
Projeto Web: Insenic Interactive do Brasil