matrícula:
senha:
 




23/10/2014 - 8 fatores que podem engordar seus filhos
 

Peso em excesso deve ser uma preocupação constante desde o início da vida da criança, já que a obesidade é uma doença democrática, que não distingue sexo, cor, nem idade e, além de tudo, contribui para o aparecimento de outras doenças, como hipertensão arterial, diabetes, alguns tipos de câncer e doenças cardiovasculares.

Conheça 8 fatores que podem engordar seus pequenos:

1. Leite materno por menos de 6 meses: Estudos demonstram que o aleitamento materno exclusivo até 6 meses de idade (preconizado pela Organização Mundial da Saúde) está relacionado a valores mais baixos de índice de massa corporal, circunferência e gordura abdominais na adolescência. Leia neste post os benefícios do aleitamento materno para o bebê e neste, para a família.

2. Mamadeira após 2 anos de idade: Um levantamento feito pela Universidade do Estado de Ohio e a Temple University, nos Estados Unidos, com quase 7 mil crianças, demonstrou que utilizar a mamadeira como principal meio de ingestão de líquidos depois dos 2 anos abre caminho para o acúmulo de excesso de peso. O que acontece é que o bebê acaba ingerindo uma quantidade maior de leite ou suco do que no copo, tanto pela diferença de tamanho dos dois utensílios como pela facilidade de beber na mamadeira. Outro fator é que o consumo de calorias cresce, pois a mamadeira costuma ser oferecida como complemento à alimentação sólida.

3. Brincar pouco: Todo mundo sabe que o sedentarismo predispõe o acúmulo de gordura, portanto, não deixe seu filho assistindo televisão, jogando video games, nem brincando no computador o dia inteiro. Estimule a práticas de atividades ao ar livre e exercite-se com seus pequenos.

4. “Olha o aviãozinho!”: Hora de comer é momento sério; deixe as brincadeiras pra depois.

5. Falta de familiaridade com opções saudáveis: O desenvolvimento do paladar tem início na infância, ou seja, é mais fácil aprender a gostar de comidas variadas quando ainda somos pequenos. Sirva como exemplo para seus filhos e consuma preparações saudáveis.

6. Sistema de recompensa: Se você falar para seus pequenos que só vão ganhar doce se comerem a salada, o que eles vão entender? Que salada é ruim. Oriente-os sobre a importância de uma alimentação saudável e não os obrigue a comer algo em troca de outra coisa.

7. Ambiente estressante: Na hora da refeição, é bom que o local esteja calmo, sem música ou televisão em alto volume, sem discussões e brigas. Crianças inseguras e ansiosas tendem a comer mais e, consequentemente, a desenvolver obesidade.

8. Colheradas a mais: Alguém já teve que comer mais do que gostaria? É desconfortável, certo? Não obrigue seus filhos a comerem mais do que querem; cada um tem seu ponto de saciedade e somente cada indivíduo pode identificá-lo. Com exceção de birras ou orientações médicas, evite forçar que a criança coma mais.






 

Copyright, © 2017, Centro Escolar Aquarela. All rights reserved. Direitos autorais reservados. Reprodução proibida.
Projeto Web: Insenic Interactive do Brasil