matrícula:
senha:
 




03/07/2014 - Dúvidas sobre alimentação infantil até 2 anos – Parte II
 

7 – Pode-se dar chá? Quais são indicados e quais são proibidos?

Até 6 meses, como já mencionado, o ideal é que o bebê seja mantido sob aleitamento materno exclusivo, se não houver alguma situação que impeça isso. Portanto, a partir desta idade a criança pode beber água e chás, desde que sem açúcar e adoçante. Os melhores chás são os mais leves e calmantes, como camomila, erva cidreira, melissa, chás de cascas de frutas (maçã e abacaxi, por exemplo), todos de sabores leves e sem cafeína (chá verde e chá mate possuem cafeína), que deve ser evitada.



8 – Existe algum alimento proibido/perigoso para bebê?

O mel não deve ser oferecido no primeiro ano de vida, pois pode estar contaminado com Clostridium botulinum, bactéria que produz toxinas no intestino e que o sistema imunológico (de defesa) da criança ainda não está apto a combater. E, claro, se o bebê for alérgico a algum alimento, o mesmo deve ser excluído da dieta.



9 – Pode-se dar gelatina?

A gelatina é um alimento industrializado com baixo valor nutricional, riquíssimo em açúcar e corantes, portanto, não se faz necessária na alimentação do bebê. Ocasionalmente, pode ser oferecida, a menos que a criança seja alérgica a algum componente do produto, mas é bom ter em mente que alimentos naturais são muito mais nutritivos e saudáveis que a gelatina.



10 – Quando se pode adicionar açúcar na dieta e qual o melhor tipo?

O açúcar, assim como o sal, deve ter sua inclusão na dieta protelada o quanto possível, já que o bebê não sente necessidade de alimentos extremamente doces/salgados. Não se deve acrescentar açúcar e/ou leite nas preparações a fim de melhorar a aceitação, pois pode prejudicar a adaptação da criança às modificações de sabor e consistência da dieta. O açúcar mascavo, por ser menos processado, é mais nutritivo que o açúcar refinado.



11 – Pode-se oferecer leite materno ou leite artificial após a papinha?

O leite materno pode, até para que o bebê associe prazer de mamar com o de comer; já o leite artificial só deve complementar a papinha em caso de orientação profissional. É importante ressaltar que a ingestão de leite materno logo após a refeição não afeta a absorção de ferro presente na preparação.



12 – Como saber se está sendo oferecida uma dieta rica em nutrientes necessários para o bebê?

Uma dieta variada, rica em frutas, verduras e alimentos naturais oferecidos na quantidade correta, e pobre em sal, gorduras e alimentos industrializados, normalmente contempla as necessidades da criança. O ideal é consultar um nutricionista para elucidação de dúvidas e orientação minuciosa quanto à alimentação do bebê.








 

Copyright, © 2017, Centro Escolar Aquarela. All rights reserved. Direitos autorais reservados. Reprodução proibida.
Projeto Web: Insenic Interactive do Brasil