matrícula:
senha:
 




31/07/2014 - As cinco características de uma dieta nutritiva
 

Os alimentos que você escolhe devem ajustar-se ao seu gosto, personalidade, tradições familiares e culturais, estilo de vida e orçamento. De maneira mais otimista, refeições bem planejadas transmitem prazer e devem, também, ser nutritivas. Com a grande variedade de alimentos nos dias atuais, como se alimentar de maneira saudável? Abaixo, listamos cinco fatores essenciais que contribuem para uma dieta nutritiva:

1. Adequação: É o fator que preza o fornecimento de todos os nutrientes essenciais, fibras e energia em quantidades suficientes para manter a saúde e o peso corporal. Vamos utilizar o ferro como exemplo. Ele é um nutriente essencial: perde-se algum todo dia e só é possível repor comendo alimentos ricos neste mineral. Se você comer pouco dos alimentos que contêm ferro, pode desenvolver anemia por deficiência do nutriente. Ao acrescentar alimentos ricos em ferro (carnes, peixes, aves, vegetais verde-escuros) à sua alimentação, os sintomas serão amenizados.

2. Equilíbrio: Também pode ser chamado de proporcionalidade. É a característica da dieta de prover alimentos de vários tipos em proporção uns aos outros, de tal modo que os alimentos ricos em alguns nutrientes não excluam da dieta alimentos ricos em outros nutrientes. Significa que, por exemplo, para obter ferro e cálcio suficientes, os quais raramente aparecem juntos nos mesmos alimentos, as pessoas têm de equilibrar suas escolhas alimentares, ingerindo tanto alimentos fontes de ferro quanto leite e laticínios, que são ricos em cálcio.

3. Controle Calórico: Consiste no controle da ingestão de calorias. Ou seja, a ingestão de alimentos energéticos não deve exceder as necessidades de energia. Essa característica da dieta não assegura que os aportes de energia a partir do alimento equilibrem os gastos de energia na atividade.

4. Moderação: A ingestão de certos constituintes alimentares, como gordura, colesterol, açúcar e sal, deve ser limitada em prol da saúde. Algumas pessoas interpretam isso como uma proibição, o que não deixa de ser um erro de interpretação: moderação, não abstinência total, é o ponto-chave. Por exemplo: uma dieta constante de frituras ou doces pode ser prejudicial, mas uma vez por semana, como parte de um plano alimentar moderado sob os demais aspectos, essas preparações podem ter pouco impacto.

5. Variedade: É a característica de fornecer diversidade de alimentos. Por exemplo, não devemos comer os mesmos alimentos, mesmo os altamente nutritivos, todos os dias, pois alguns podem ser melhores fontes de nutrientes do que outros. É aí que entram os princípios da adequação, equilíbrio e moderação. Sem contar que uma grande variedade acresce interesse; experimentar novos alimentos pode ser prazeroso.

E então, sua dieta é nutritiva? Se não, leve estes 5 fatores para o seu dia a dia e tenha uma alimentação mais saudável.

Fonte: Equilibra Consultoria
www.equilibraconsultoria.com.br





 

Copyright, © 2017, Centro Escolar Aquarela. All rights reserved. Direitos autorais reservados. Reprodução proibida.
Projeto Web: Insenic Interactive do Brasil