matrícula:
senha:
 




12/06/2014 - 10 erros que normalmente cometemos na educação alimentar da criança
 

A educação alimentar possui um papel muito importante no crescimento da criança e bons hábitos alimentares devem ser adquiridos desde o início da infância. Contudo, ao tentar educar os filhos, muitos pais cometem erros que passam despercebidos. Leia os 10 erros mais comuns e descubra se você apresenta alguma destas atitudes:

1. Lanches fora de hora: O ideal é que sejam realizadas 6 refeições por dia. Lanches e petiscos fora desses horários podem acabar tirando o apetite da criança para a próxima refeição.

2. Dizer sempre “sim”: Isto deixa a criança sem limites e a quantidade de porcarias e alimentos industrializados consumidos passa a ser muito maior, comprometendo a saúde.

3. Brincadeiras na mesa: O horário de comer precisa ter seriedade, pois a criança deve entender que é importante alimentar-se de maneira saudável.

4. Oferecer comida como recompensa: Geralmente, a criança ouve: “Só ganha a sobremesa de comer toda a salada”, o que passa a ideia de que a salada é ruim e somente a sobremesa é gostosa.

5. Ameaçar alguma forma de castigo para quem não cumpre o combinado: É o mesmo princípio do item anterior, que faz com que a criança pense que um alimento (normalmente saudável, como saladas) é ruim.

6. Substituir refeições: Trocar o prato de arroz com feijão por mamadeira ou alguma porcaria não é bom negócio, já que são alimentos menos nutritivos e a criança vai querer sempre comer outra coisa.

7. Ceder ao primeiro “não gosto disso”: Crianças têm receio de experimentar novos alimentos e, consequentemente, alegam que não gostam sem sequer ter provado. Ofereça novamente o alimento à criança, de preferência, sob outra forma de apresentação. Por exemplo, se a criança não gostou de brócolis, tente oferecer arroz ou omelete com o vegetal.

8. Fazer da ida à lanchonete um programão: Assim, a comida de casa pode parecer sem graça para os pequenos.

9. Servir sempre a mesma coisa: Comer sempre as mesmas comidas enjoa, independente da idade da pessoa. Não é só porque a criança gosta muito de pão e iogurte, que precisa comer isso o dia inteiro: além de ser extremamente monótono, a quantidade de nutrientes ingeridos será menor que o ideal.

10. Não dar o exemplo: Esse é um dos erros mais comuns. Os pais querem que seus filhos se alimentem bem, mas comem frituras e bebem refrigerante todos os dias. Dê o exemplo!

Fonte: Equilibra Consultoria e Assessoria em Nutrição
www.equilibraconsultoria.com.br





 

Copyright, © 2017, Centro Escolar Aquarela. All rights reserved. Direitos autorais reservados. Reprodução proibida.
Projeto Web: Insenic Interactive do Brasil